Não use condicionador num apocalipse nuclear

apocalipse condicionadorEu sei, parece uma informação fútil. Quem é que estaria preocupado com a hidratação dos cabelos em meio a um apocalipse nuclear, certo? Mas na verdade essa informação pode salvar vidas.

Sabemos que alguns países como Coréia do Norte e Estados Unidos são capazes de iniciar a qualquer momento uma guerra utilizando armas nucleares e, caso isso ocorra, é preciso estar alerta e saber o que fazer caso se esteja no raio das explosões.

Várias agências de segurança pelo mundo divulgam as medidas a serem tomadas para manter-se em segurança. Caso você esteja na rua no momento da explosão procure algo que sirva de proteção, deite no chão cobrindo a cabeça e jamais olhe diretamente para a explosão, para evitar perda da visão. Assim que possível deve-se procurar abrigo e remover toda a roupa para diminuir o risco de contaminação pelas partículas depositadas no tecido. Em seguida deve-se tomar banho ou lavar-se com água e sabão. Nos cabelos deve-se usar apenas shampoo, pois o condicionador permite que partículas radioativas presentes no ar se depositem no cabelo.

A estrutura do fio de cabelo é formada por várias escamas e os condicionadores contém surfactantes catiônicos (como o cloreto de cetrimônio) que fecham as escamas, silicones (como a dimeticona) que revestem a fibra capilar e suavizam o cabelo e polímeros catiônicos (como o cloreto de hidroxipopiltrimônio de goma guar), que dão espessura ao condicionador. Por isso, partículas da “chuva radioativa” podem ficar presas entre as cutículas ou aderir à superfície oleosa formada pelo condicionador. Assim, hidratantes e óleos corporais também devem ser evitados nessa situação.

estrutura do cabelo

Estrutura da fibra capilar

A “chuva radioativa” começa imediatamente após a explosão e espalha-se por quilômetros de distância do local inicial. Os níveis de radiação diminuem com o passar do tempo, porém deve-se seguir as medidas de segurança e manter-se abrigado até que os níveis de radiação estejam baixos o suficiente.

nuclear protectionGuias completos de medidas de segurança em caso de ataques com bombas nucleares e outros eventos catastróficos podem ser encontrados nos links abaixo (em inglês):

E aí, o que acharam dessa notícia? Comente, pergunte e compartilhe essa informação em suas redes sociais!

 

Anúncios

Mais respostas sobre parabenos

parabenos postExiste uma enorme quantidade de informação que contesta o grito de guerra contra os parabenos, mas, uma vez que o sino tocou, não há como silenciar o efeito cascata causado pelo susto. Se você fizer uma pesquisa no Google sobre parabenos, você pensaria que eles causam câncer, mas sempre há dois lados em cada história.

Muitos fabricantes removeram Parabenos de seus produtos em resposta ao medo causado pelos primeiros relatórios de segurança. A Sociedade Americana do Câncer, o Instituto Nacional do Câncer e a FDA disseram que não há provas de que os parabenos causam câncer. Continuar lendo

O mito sobre o formol

formol

Um mal-entendido infeliz está acontecendo globalmente em relação a muitos produtos cosméticos, incluindo alguns produtos para unhas. Alguns grupos alegam incorretamente que o formol (ou formaldeído) é um ingrediente em cosméticos. Grupos de conscientização estão até mesmo proclamando que o formaldeído é um conhecido agente cancerígeno e exigem que os fabricantes removam esse ingrediente causador de câncer dos cosméticos. Na verdade, se esses grupos entendessem a química básica do formaldeído, eles veriam que suas alegações estão absolutamente erradas. Eles também saberiam que o formaldeído não é um ingrediente cosmético e nunca foi! Continuar lendo

Perigo no salão de beleza: Estado de Nova York exige ventilação para proteger funcionários

Os salões no Estado de Nova York especializados em unhas deverão se adequar a novas normas de ventilação e exaustão de vapores tóxicos. O motivo são os mais de 30 compostos nocivos liberados por esmaltes, removedores e outros produtos que prejudicam a saúde de quem trabalha por horas em contato com eles e sem a proteção adequada.

Continuar lendo