Prêmio Nobel de Química 2020

Emmanuelle Charpentier and Jennifer A. Doudna. Créditos: Vilnius University; Laura Morton Photography

Indo contra as especulações de vários membros da comunidade científica (alô, American Chemical Society), a Academia Real das Ciências da Suécia anunciou na manhã do dia 07 de outubro as nomeadas para o Prêmio Nobel de Química de 2020. Sim, meu caros seguidores! Esse ano tivemos não uma, mas duas mulheres recebendo a maior honra que um cientista pode alcançar.

Emmanuelle Charpentier e Jenifer A. Doudna foram laureadas pelo desenvolvimento do método de engenharia genética chamado CRISPR/Cas9. A tecnologia descoberta e desenvolvida pelas cientistas permite alterar o código genético de animais, vegetais e microorganismos com altíssima precisão e tem contribuído com o desenvolvimento de diversas áreas, incluindo a agricultura, pecuária e, inclusive, terapias para tratamentos de cânceres.

Continuar lendo