Participe da pesquisa sobre cosmetovigilância da ANVISA

Fonte: ANVISA

A ANVISA lançou na quinta-feira dia 01 de outubro de 2020 uma pesquisa sobre cosmetovigilância, para obter informações que auxiliem na revisão da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 332/2005.

A pesquisa é aberta aos consumidores, bem como aos fabricantes, importadores e profissionais de comércio e serviços de embelezamento e cosméticos.

Continuar lendo

Reações químicas em Cosméticos

rx cosmetics

A maior parte da química dos cosméticos envolve estabilidade e caso esteja ocorrendo alguma reação em seus cosméticos provavelmente há algo de errado com eles. Mas em alguns casos é preciso ocorrer alguma reação química para obter o resultado desejado, aqui estão alguns exemplos:

Continuar lendo

Não use condicionador num apocalipse nuclear

Destacado

apocalipse condicionador

Eu sei, parece uma informação fútil. Quem é que estaria preocupado com a hidratação dos cabelos em meio a um apocalipse nuclear, certo? Mas na verdade essa informação pode salvar vidas.

Sabemos que alguns países como Coréia do Norte e Estados Unidos são capazes de iniciar a qualquer momento uma guerra utilizando armas nucleares e, caso isso ocorra, é preciso estar alerta e saber o que fazer caso se esteja no raio das explosões.

Continuar lendo

Cosméticos de 3500 anos encontrados no Louvre

peças louvre

Fonte: © CEA/Laurence Godart l.godart@free.fr

Cerussite-173897

Cerusita

Uma equipe de pesquisadores analisou diversas peças do museu do Louvre, em Paris, e encontrou resíduos de cosméticos Gregos e Egípcios de aproximadamente 3500 anos!
Nos cosméticos foram encontrados carbonatos de chumbo, componentes comuns de tintas e pigmentos produzidos pelas civilizações antigas. Para produzir os pigmentos, as civilizações egípcias antigas extraíam um mineral chamado cerusita, composto de carbonato de chumbo. Continuar lendo