A química das tintas de cabelo

Existem vários tipos de tintas para cabelo, mas as mais comuns são as tintas permanentes. Essas tintas possuem componentes que reagem entre si em reações de redução e oxidação e geram as cores desejadas.

Continuar lendo

Anúncios

Não use condicionador num apocalipse nuclear

apocalipse condicionadorEu sei, parece uma informação fútil. Quem é que estaria preocupado com a hidratação dos cabelos em meio a um apocalipse nuclear, certo? Mas na verdade essa informação pode salvar vidas.

Sabemos que alguns países como Coréia do Norte e Estados Unidos são capazes de iniciar a qualquer momento uma guerra utilizando armas nucleares e, caso isso ocorra, é preciso estar alerta e saber o que fazer caso se esteja no raio das explosões.

Várias agências de segurança pelo mundo divulgam as medidas a serem tomadas para manter-se em segurança. Caso você esteja na rua no momento da explosão procure algo que sirva de proteção, deite no chão cobrindo a cabeça e jamais olhe diretamente para a explosão, para evitar perda da visão. Assim que possível deve-se procurar abrigo e remover toda a roupa para diminuir o risco de contaminação pelas partículas depositadas no tecido. Em seguida deve-se tomar banho ou lavar-se com água e sabão. Nos cabelos deve-se usar apenas shampoo, pois o condicionador permite que partículas radioativas presentes no ar se depositem no cabelo.

A estrutura do fio de cabelo é formada por várias escamas e os condicionadores contém surfactantes catiônicos (como o cloreto de cetrimônio) que fecham as escamas, silicones (como a dimeticona) que revestem a fibra capilar e suavizam o cabelo e polímeros catiônicos (como o cloreto de hidroxipopiltrimônio de goma guar), que dão espessura ao condicionador. Por isso, partículas da “chuva radioativa” podem ficar presas entre as cutículas ou aderir à superfície oleosa formada pelo condicionador. Assim, hidratantes e óleos corporais também devem ser evitados nessa situação.

estrutura do cabelo

Estrutura da fibra capilar

A “chuva radioativa” começa imediatamente após a explosão e espalha-se por quilômetros de distância do local inicial. Os níveis de radiação diminuem com o passar do tempo, porém deve-se seguir as medidas de segurança e manter-se abrigado até que os níveis de radiação estejam baixos o suficiente.

nuclear protectionGuias completos de medidas de segurança em caso de ataques com bombas nucleares e outros eventos catastróficos podem ser encontrados nos links abaixo (em inglês):

E aí, o que acharam dessa notícia? Comente, pergunte e compartilhe essa informação em suas redes sociais!