Dispositivo portátil para medir a ardência de pimentas

ACS Appl. Nano Mater. 2020, 3, 10, 10094–10104

Já imaginou testar a ardência de uma pimenta usando seu celular? Logo isso será possível! Um grupo de pesquisadores da Prince of Songkla University na Tailândia desenvolveu um dispositivo portátil em forma de pimenta que pode ser conectado em um smartphone e mede instantaneamente a ardência de uma amostra de pimenta.

Representação de uma molécula de Capsaicina

Pimentas são temperos extremamente populares, mas que costumam dividir opiniões entre amantes e odiadores do condimento. Há quem tenha grande resistência ao sabor ardido das pimentas mais picantes e aqueles que apresentam sensibilidade extrema a qualquer alimento apimentado. Os compostos que conferem o sabor ardido às pimentas são os capsaicinóides, uma série de alcalóides na qual a capsaicina é a que aparece em maior quantidade.

Existem várias maneiras de se determinar a pungência, a sensação de ardência e queimação, de uma pimenta. A mais conhecida é a Escala de Scoville, que mede a ardência de pimentas em uma escala que vai de 0 (zero) a 16 milhões, sendo que 16 milhões se refere à capsaicina pura. No entanto, essa escala foi criada se baseando na sensação que as pimentas deixavam no paladar dos testadores do experimento de Scoville. Depois disso, vários métodos utilizando equipamentos de análise foram criados, mas todos exigem aparatos que geralmente só se encontra em laboratórios de análise.

Dispositivo e eletrodos desenvolvido pelo grupo do pesquisador Warakorn Limbut. Adaptado de ACS Applied Nano Materials 2020

O novo dispositivo desenvolvido pelo grupo do pesquisador Warakorn Limbut promete ser um método rápido e acessível tanto a consumidores quanto a produtores de alimentos. Nele é possível testar uma amostra de pimenta ou de um alimento apimentado e medir de pequenas a grandes concentrações de pimenta imediatamente. O dispositivo funciona com um sensor eletroquímico com base de papel, onde uma amostra líquida é pingada e desencadeia reações de oxidação e redução entre a capsaicina da pimenta e os eletrodos do sensor. Essa reações geram correntes elétricas que são medidas pelo dispositivo e convertidas pelo aplicativo em unidades de concentração de capsaicina e podem ser comparadas diretamente com a Escala de Scoville.

Apesar de ainda não estar disponível para o público, o dispositivo poderá ser útil para medir as concentrações de capsaicina tanto de amostras de pimenta quanto de alimentos apimentados, podendo inclusive ser usado por aqueles que são sensíveis a pimentas ou queiram evitar comidas apimentadas.

O que achou dessa nova invenção? Conta aí nos comentarios!

Pesquise, questione e busque conhecimento!

Referências:
1 – Chili-shaped device could reveal just how hot that pepper is. (em inglês)
2 – N-Doped Graphene Nanoplatelets for Direct Capsaicin Detection in Chili Pepper Samples. (em inglês)
3 – Escala de Scoville
4 – Capsaicina (em inglês)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s